Programa Município VerdeAzul – PMVA

No dia 20 de dezembro de 2018, nossa cidade foi certificada no Programa Município VerdeAzul, alcançando o 8º lugar no ranking, dentre os 645 municípios que são signatários, todos do estado de São Paulo!

0
91

No dia 20 de dezembro de 2018, nossa cidade foi certificada no Programa Município VerdeAzul, alcançando o 8º lugar no ranking, dentre os 645 municípios que são signatários, todos do estado de São Paulo!
Esse programa foi criado pelo governo do estado há 12 anos, e fundamenta-se na aproximação, auxílio e melhoria da gestão ambiental municipal. Para isso, a cidade interessada na participação desse programa precisa enviar ofício manifestando o interesse na adesão que, a partir de então, terá acesso a todas ferramentas que a Secretaria de Estado do Meio Ambiente oferece para o desenvolvimento das atividades. Certamente, também é uma ótima via para direcionamentos e estímulos às políticas públicas ambientais dos municípios paulistas, além de grande oportunidade na troca de experiências.
Conforme informações do site do programa, o “Certificado Município VerdeAzul”, reconhece a boa gestão ambiental municipal e garante à prefeitura premiada preferência na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (FECOP). Portanto, muito além da certificação, nossa cidade “abre as janelas” para atuais perspectivas em políticas públicas sustentáveis, que não se limitam aos projetos, programas ou orçamento municipal; abre-se às parcerias, às trocas e desenvolvimento de capital intelectual.
As ações propostas pelo PMVA compõem as dez Diretivas norteadoras da agenda ambiental local, abrangendo os seguintes temas estratégicos: Município Sustentável, Estrutura e Educação Ambiental, Conselho Ambiental, Biodiversidade, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Uso do Solo, Arborização Urbana, Esgoto Tratado e Resíduos Sólidos. Sendo assim, facilmente identificamos que temos muito a desenvolver em nosso município, como por exemplo na diretiva: Esgoto Tratado e Resíduos Sólidos. Esta melhoria, entretanto, não é “privilégio” apenas de Araçoiaba da Serra, pois infelizmente quase 90% dos municípios brasileiros estão longe de oferecer esgoto tratado para toda a população. Sendo a realidade da maioria ou não… precisamos nos desenvolver!
Sejamos inteligentes e justos em reconhecer o mérito da equipe envolvida nessa certificação, em especial: Marília de Moraes (Secretária de Desenvolvimento Sustentável), Elzo Savella (Diretor de Desenvolvimento Sustentável) e Fabrício Aquino (estagiário em Engenharia Ambiental) que, com limitado orçamento e equipe numericamente modesta, superaram tantas outras limitações e nos proporcionaram tal certificação, reconhecimento a abertura a tantos outros benefícios.
Lembrando que a certificação é uma das consequências desse trabalho, mas que ao longo dessa trajetória, Araçoiaba da Serra foi presenteada com: formação do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, desenvolvimento de projetos e programas em educação ambiental, melhoria para acesso a recursos estaduais, como FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) e FECOP (Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição), melhoria na integração entre secretarias municipais, entre tantos outros.
Participe da solução! Envolva-se! Incomoda? Então não se acomode!